Mesmo homem,

me permito

pedir mimo

ao meu amor:

– Me mime,

menina, me mime;

reafirmo-te: gemino.

Imagine-me. Origine

de mim imagem

de amante humano.

Amemo-nos?

Geremos,

do magma,

nossa gema?

 

Ricardo Sangiovanni escreve aos domingos

Anúncios