No vídeo que me havia sido enviado por e-mail há semanas, mas que só fui ver anteontem, seu Xande me diz que eu sou “muito importante” que quer que eu “tenha sucesso” e que espera me ver “na televisão”. Mas só prestei atenção nisso mesmo na segunda vez em que vi o vídeo. Na primeira, estava mais ocupada ficando emocionada por vê-lo de novo.

Seu Xande está bem mais velhinho e mais fraco – andou doente por algum tempo. Quando o conhecemos, ele foi nosso “personagem” em um trabalho de fotografia na faculdade, ele falava mais alto, tinha mais energia, fazia caminhadas no Dique do Tororó às três da manhã. Sempre foi assim carinhoso como é hoje.

No e-mail, que eu esqueci de marcar com a estrelinha das coisas importantes que veria depois, vinha também o carinho do meu queridíssimo amigo que fez o vídeo, e que é meu editor-algoz neste Purgatório. Ele teve que responder a seu Xande que eu estava trabalhando nas Olimpíadas, mas não competindo em nada e que não casou comigo no fim das contas. Também ouviu nosso velhotinho dizer que não sabia se ia estar vivo para me ver voltar lá na banca de doces e salgadinhos dele na faculdade de Biologia. Seu Xande cozinha como ninguém e faz a melhor limonada que eu já tomei.

Por causa da mais pura falta de organização, assisti seu Xande tardiamente, mas na melhor hora em que poderia. Já estava achando que um pouco da minha energia tinha ido embora da cidade com meus amigos, mas lembrei que o nosso fornecimento é mútuo, circular, chega de diversas fontes para ser distribuído para outras tantas.

Nós nos encontramos por aí, por  e-mail, Gtalk, Skype, Whatsapp e poucos dias corridos de turismo sentimental na vida do outro e é isso o que nos dá tempo de fazer, o importante. Sair para caminhar lado a lado, segurar o peso das costas do outro numa conversa no meio do dia de trabalho, deitar no parque, mandar vídeos de seus Xandes para lembrar das histórias que temos.

Vou ali fazer um vídeo de resposta, para garantir que ele me verá em pelo menos um tipo de televisão.

Camilla Costa escreve aos sábados.

Anúncios