Uma solitária caixa branca fazia um pedido a quem passava pela rua em meio a fumaça, carro, barulhos. Me dê um conselho. Mesmo desconhecendo o rosto do necessitado, centenas de pessoas pararam e escreveram num papelzinho lições práticas, poéticas e divertidas que servem pra toda vida. Este é o meu preferido:

A intervenção urbana é do designer paulistano Daniel Motta, que espalhou 32 dessas caixas de oferendas por São Paulo. Para conhecer melhor o projeto que acabou virando livro, é só clicar aqui.

Tatiana Mendonça escreve às sextas e promete que da próxima vez o fará com antecedência

Anúncios