Existem muitas questões que me fascinam, intrigam, que fustigam-me a pesquisar, empiricamente, em campo, sem dar muita TRELA a números, com uma abordagem mais qualitativa, menos fria, com um olhar mais subjetivo para fugir de generalizações rasteiras e conclusões impassíveis. Fujo daqueles que o universo Rodriguiano classifica como ‘idiotas da objetividade’ que enxergam tudo, mas não veem nada, estão sempre a um palmo do óbvio ululante e são incapazes de extrair uma gota de verdade das situações cotidianas. Para provar certas teorias é preciso sentir na carne e doer na alma.

Muitas vezes esse método demora a chegar a uma definição. Sem pressa, ponho à prova minha teoria, confabulando com pares e confrades, e observando o APPROACH na prática. Após a confirmação da tese, divulgo nos meios acadêmicos e nos becos sujos e degredados. Meu dever é socializar e difundir esse conhecimento, é a minha contribuição para a dinâmica social desta província.

Dito isso, recebam pela CAIXA TORÁCICA o mais novo enunciado do –  em fase de produção – GUIA MODERNO DO FLERTE E OUTRAS MAROTICES [título provisório]: Cabelos encaracolados são critério de desempate.

Não é o critério principal, ainda que seja decisivo, principalmente em uma disputa RENHIDA. Funciona como o GOL QUALIFICADO. Serve para definir quem avança quando há um claro EMPATE TÉCNICO nos critérios principais, e premia, analogamente é claro, quem é mais ousado quando joga FORA DE CASA. Atenção: Não deve ser usado como desculpa para RETRANCA. Esse jogo não pode ser 1 X 1.

Não pense que é fruto, tão somente, de um capricho meu, um gosto isolado que foi ALÇADO à condição de CÂNONE. Tal missiva vem suportada por nobres da mais alta ESTIRPE, como Victor ‘Xumi’ Uchôa, homem de fala desembolada e mansa, olho de peixe e conhecimento proeminente dos meandros furtivos do amor, essa arte de gostar, curtir e desapegar, essa testilha cíclica de pôr a isca no anzol, lançar ao mar, cansar o peixe e trazer à tona. Técnica aperfeiçoada pela prática.

Cabelos encaracolados são a moldura perfeita para qualquer rosto feminino, passam a sensação de volume, emulam uma juba felina, a mulher que ataca, sabe o que quer, mas, ainda assim é brejeira e tímida. Se vier combinada com covinhas na maçã do rosto e /ou sardas garante bônus importantes, que podem ser decisivos.

Cabelos encaracolados soltos, dão aquele ar de mulher independente, combinam com aquele vestido de alcinha, chita prendada, perfume levemente adocicado. Se vier de bicletinha, tipo MONARETA, colhendo GÉRBERAS pelos campos verdejantes, com certeza foi MATERIALIZADA de meus sonhos matinais.

Cabelos encaracolados são ideais para fazer cafuné, pois a textura, a sinuosidade prende os dedos, prolongam o contato, são um convite ao carinho preguiçoso. O toque dos cabelos no colo, combinado com o leve som do passar dos dedos, é mais hipnotizante que coçar a barriga peluda de um GATO PERSA RONRONANDO.

Cabelos encaracolados não temem intempéries, as mulheres ficam livres para aproveitar aquele show a céu aberto, sem se importar com sereno ou garoa. Liberdade para dentro e fora da cabeça.

Cabelos encaracolados são um suspiro contra a ditadura da chapinha, esse artefato sinistro, que consome KWATTS de energia para tornar todas as mulheres iguais, como se fossem produzidas em série.

Cabelos encaracolados possuem sutis diferenças, alguns são mais FRIZZADOS, outros CACHEADOS, alguns mais Márcia Castro, uns tipo GARRAFINHA, outros Débora Nascimento… Cada um parece particular, e os cachos se rearrumam de forma distinta, a  depender do ângulo que você olha.

Cabelos encaracolados prescindem de penteados caprichados. Dê adeus àquele COQUE MADRINHA DE CASAMENTO, deixe-os livres, vá para a pista e dance. Quanto mais você dançar, mais desorganizadamente arrumados eles estarão.

Por favor minha amiga, não faça a EGÍPCIA. Esqueça aquela franja de Cléopatra – que era grega, por sinal – esqueça aquele corte da vilã da novela das oito. Pegue um martelo quebre sua chapinha de cerâmica, livre-se de sua chapinha de titânio. Quem disse que cabelo não gosta de pente?

Deixe-se encaracolar, minha amiga. Garanta essa vantagem que é muito mais significativa que qualquer critério da FIFA. Debaixo dos caracóis de seus cabelos, haverá muitos pretendentes com a vontade de ficar mais um instante.

 Alex Rolim escreve às quintas

Anúncios